fbpx

Siga-nos: facebook-americancor instagram-americancor | Horário de Atendimento: 24h

Telefone : +55 (21) 3296-2900 | 3296-2902
  E-mail : contato@americancorhospital.com.br

Todos os posts com a tag: Coração

Ilustração sobre o cuidado ao coração

5 dicas de como cuidar do seu coração

Separe um tempo para cuidar da sua saúde, o coração é um dos principais músculos do seu corpo. Acompanhe as nossas dicas!


Você sabia que o coração é um dos órgãos mais importantes do corpo? Ele é responsável por fornecer alimento e oxigênio para as nossas células. Por isso, cuidar desse órgão é fundamental, tanto que neste Dia Mundial do Coração, 29 de setembro, busca-se conscientizar a população sobre o cuidado com o coração, informando sobre a prevenção de doenças cardiovasculares, uma das maiores causas de morte no país, sendo mais de 1.100 mortes por dia, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia. Dessa forma, o AmericanCor separou um conjunto de dicas para te ajudar a cuidar do seu coração. Confira!

1-Alimente-se de forma saudável e equilibrada

A escolha dos alimentos é essencial para garantir uma alimentação mais saudável e uma melhor qualidade de vida. Pensando nisso, evite consumir alimentos processados e gordurosos, pois eles contribuem para a obstrução das artérias e comprometem o fluxo sanguíneo. Além disso, modere o uso de sal, pois ele pode aumentar a pressão arterial, fazendo com que seu coração bata com mais força para conseguir manter o sangue circulando pelo seu corpo.

Portanto, opte por uma dieta balanceada e saudável, por meio da escolha dos seguintes alimentos: vegetais, legumes, frutas, grãos integrais, proteínas vegetais e carnes magras. Assim, com uma alimentação saudável você nutre ainda mais seu corpo e ainda cuida do seu coração.

2-Evite fumar e consumir bebidas alcóolicas

O consumo do tabaco, além de provocar câncer no pulmão, contribui para o estreitamento das artérias e elevação da pressão arterial, forçando o coração a gerar níveis maiores de oxigênio para o organismo. Sendo assim, um dos maiores inimigos do coração. Portanto, evitar seu consumo é cuidar da sua saúde.

O álcool é outro agente que auxilia na causa de doenças como hepatite, cirrose hepática, câncer no esôfago e ainda nas cardiovasculares, como infarto e insuficiência cardíaca. Tal substância causa danos irreversíveis às células do coração. O etanol prejudica as células musculares do coração, podendo ocasionar no fechamento das artérias e desenvolver arritmia. Por isso, recomenda-se evitar o seu consumo.

3-Pratique atividades físicas regularmente

Sabe-se que a prática de atividades físicas auxilia na prevenção de diversas doenças, inclusive as cardiovasculares. Além de promover uma melhor qualidade de vida, garante resultados positivos para seu corpo e sua mente.

Dessa forma, indica-se que ao menos três vezes durante a semana você pratique alguma atividade física, como: caminhada, ciclismo, corrida, natação, dança etc. Mas não se esqueça de procurar uma orientação médica para iniciar a atividade física mais adequada para você.

4-Evite situações constantes de estresse

As situações constantes de estresse provocam um aumento na sua pressão arterial, podendo ocasionar em doenças irreversíveis, além de outras reações no seu corpo. Atualmente, o estresse é considerado o principal fator de risco de várias doenças, de forma direta e indiretamente. Por exemplo, estimula o consumo excessivo de tabaco e álcool, os quais provocam o surgimento de outras doenças sérias.

Sendo assim, evite situações estressantes, por menores que sejam, preocupe-se com sua saúde e qualidade de vida.

5-Cuide do seu coração: realize acompanhamento médico

Há doenças cardiovasculares que são silenciosas e somente com um acompanhamento médico é possível diagnosticá-las, por isso é importante realizar exames preventivos, por meio de um acompanhamento periódico. Você pode solicitar exames sanguíneos para verificar as taxas de colesterol, nível de glicose, de triglicérides e de vitaminas.

Ilustração sobre o cuidado ao coração
Não dê bobeira, cuide de você!

No AmericanCor contamos com os melhores profissionais de cardiologia e de outras áreas. Priorize sua saúde, realize exames de forma regular para prevenir, conheça os nossos convênios e agende uma consulta!

 

Gostou do nosso conteúdo? Então continue nos acompanhando.

Leia Mais

Estenose aórtica: conheça a doença que tira o ritmo do seu coração

A estenose aórtica é uma doença de curso progressivo que altera o fluxo de sangue pelo corpo. Saiba mais!


A estenose aórtica é um estreitamento da válvula aórtica. Essa é a válvula que permite o fluxo de sangue para a aorta que o leva para o resto do corpo. Assim, o coração precisa trabalhar bem mais para bombear sangue através dessa válvula. Em consequência, o ventrículo esquerdo aumenta de tamanho para poder trabalhar mais.

Reprodução Commons.wikimedia.org

Sintomas

Os sintomas não são perceptíveis quando a estenose é leve ou moderada. Eles aparecem quando a pressão arterial aumenta ou se o fluxo de sangue no corpo está reduzido.

  • Também incluem dor e pressão no peito, que pode levar à sensação de queimação, choque e aperto nos braços, ombros e pescoço;
  • Tontura, desmaio ou perda de consciência;
  • Fadiga, falta de ar;
  • Palpitação.

A estenose é mais comum em pessoas com mais de 75 anos, porém, pode ser de nascença também. Acontece quando a aorta tem o diâmetro menor do que o normal. As chances de ter a doença aumentam quando já existem pessoas na família com problemas cardíacos.

 

Convivendo com a estenose

Conviver com a estenose é mais comum do que se imagina. Apenas não é recomendado nenhum tipo de esforço físico para não sobrecarregar o coração, que pode parar ou inchar para compensar, o que pode deixá-lo mais fraco depois.

 

 No momento em que eu nasci o médico escutou meu coração e já viu que tinha algo diferente. Me incomodava na escola porque eu jogava bola e não podia fazer esforço, mas hoje em dia já consigo focar minha cabeça em outras coisas.” – Rodrigo Lopes, 25 anos

 

Em alguns casos, levando em consideração o diâmetro, gradiente, etc., é necessário trocar a válvula ou fazer uma plástica em sua ponta. Se não fizer, o coração incha naturalmente e fica fraco, sendo necessário um transplante.

 

Tem cura?

A cirurgia é o tratamento clássico para essa situação. Nela, troca-se a válvula por uma “natural”, que tem vida útil de 10 anos ou a de metal, com vida útil de 25 anos. Porém, em Portugal, para portadores da doença em casos graves, que são rejeitados para cirurgia convencional, é aplicada uma técnica que consiste na implantação de uma válvula artificial em posição aórtica.

Geralmente, não é necessário que se abra o peito para que não ocorra circulação de sangue extra corporal. Então, é introduzida por uma artéria na virilha (artéria femoral) ou, em casos mais raros, por uma punção abaixo da subclávia (artéria subclávia).

Essa técnica é desenvolvida em diversos centros públicos em Portugal e, na Universidade Cardiovascular do Hospital Lusíadas Lisboa, são executadas todas as modalidades de tratamento da Estenose.


Ficar atualizado sobre temas de saúde é sempre importante! Continue acompanhando nossos artigos!

Leia Mais